segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Outubro Rosa - Maneiras de reduzir riscos do câncer de mama


Olá Pessoal!

No mês de Outubro acontece a campanha Outubro Rosa, que é feito para conscientizar dos riscos do câncer de mama. 
Já até fiz um post aqui no blog há algum tempo, então quem não conhece a campanha ou quer saber mais sobre, confira Aqui! 


Mas hoje em parceria com a Rosi Feliciano, vamos falar sobre as medidas preventivas, que são essenciais para melhorar a saúde e reduzir os riscos. Mesmo que as medidas preventivas não garantam 100% de segurança contra doenças, elas podem melhorar drasticamente a qualidade de vida.

Aqui estão 5 maneiras de reduzir o risco do câncer de mama:
  • Determinar o risco de câncer de mama

Uma maneira de determinar o seu risco de câncer de mama é descobrir o quão denso seus seios são. Se você tem seios que são mais densos, o risco de câncer pode aumentar em seis vezes. Saber se você tem ou não mamário denso pode afetar quantas vezes você verificar a sua saúde da mama.
  • Exercício

O exercício pode proteger o corpo de várias doenças, é por isso que se deve manter uma boa atividade física como prioridade. Em termos de câncer de mama, um estudo descobriu que mulheres que ganharam gordura em qualquer parte do corpo depois de completar 18 anos tiveram riscos menores de desenvolver câncer da mama em comparação com mulheres que não ganham mais de cinco quilos. O exercício também atinge o metabolismo do estrogênio, o que pode reduzir o risco de câncer de mama. De acordo com um pequeno estudo, as mulheres que se exercitam durante 10 a 19 horas por semana têm 30 por cento menores riscos de desenvolver câncer da mama. Mulheres que se exercitam regularmente parecem ser menos propensas a desenvolver câncer de mama. As sobreviventes do câncer que estão ativas podem ter menos risco de recorrência do câncer em comparação com aqueles que são mais sedentários.
  • Família

Certifique-se de conhecer a história da sua família inteira sobre o câncer de mama. O câncer da mama é cerca de cinco a 10 por cento hereditárias. Descobrir se deve ou não realizar certos genes associados com um risco aumentado de câncer de mama pode ajudá-lo a tomar decisões sobre a sua saúde da mama. Os genes BRCA1 e BRCA2 têm sido associados ao aumento do risco de câncer da mama e do ovário dramaticamente. Se você tem um histórico de câncer de mama em sua família, faça um teste genético para determinar se você tem ou não BRCA1 ou 2 mutação, os chamados genes de câncer de mama. Entre 20 e 30% das pessoas que desenvolvem a doença têm uma história familiar. Se uma mulher tem um risco de ter câncer por causa de sua genética, consulte um médico para tomar algumas medidas.
  • Reduzir a exposição à radiação

Sempre que possível, tentar reduzir a sua exposição à radiação dos testes de triagem. Mesmo que o corpo poça ser expor a radiação de mamografias, o nível de radiação é muito baixo. Mas pular mamografias não é benéfico, evitando a exposição de outros testes, tais como raios-x poderiam ajudar. No entanto, em vez de abrir mão de raios-x completos, tomar o tempo extra para consultar especialistas para se certificar de que os raios-x poderiam fornecer mais prós do que contras.
  • Limite terapia hormonal

A terapia hormonal aumenta o risco de câncer de mama em 24%. A menos que a terapia hormonal seja completamente necessária, consulte o seu médico sobre outras opções que podem gerenciar seus sintomas da menopausa.
  • Limite na ingestão de álcool

Quanto mais álcool você bebe, maior o risco de desenvolver câncer de mama. Se você optar por bebidas, não tome mais do que um meio copo de álcool por dia.
  • Obter uma mamografia

A partir de 40 anos a mamografia é essencial, ela é um rastreio que não previne ou cura o câncer de mama, mas pode detectar a doença antes que os sintomas ocorram e assim começar um tratamento com antecedência para obter melhores resultados.
  • Mantenha o seu peso sob controle e construa uma dieta saudável

Dieta saudável principalmente à base de plantas e aposte em legumes, frutas, grãos integrais e fibras. As dietas ricas em gorduras podem levar ao excesso de peso ou obesidade, que é um fator de risco para câncer de mama.

Estes são apenas oito maneiras de proteger a saúde da mama. Se você está preocupada com os riscos, consulte o seu médico para conselhos adicionais sobre como você pode prevenir o câncer de mama.

Mulheres obesas correm mais risco de desenvolver câncer de mama e outras doenças.
Segundo a especialista em emagrecimento saudável Rosi Feliciano a reeducação alimentar é o caminho durável para o controle do peso e boa saúde.
Mesmo ao tentar emagrecer rápido devemos buscar métodos naturais, com boa nutrição e que possam nos colocar no caminho da reeducação alimentar, como a dieta detox 21 dias cardapio .

Até o próximo post!
Beijos
Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo